O Arquipélago da Madeira de origem vulcânica, situado no Oceano Atlântico, aproximadamente 1000km a sudoeste de Portugal e a 600km a oeste da costa Marroquina. Conhecido mundialmente pela “Pérola do Atlântico” é formada por duas ilhas habitadas e de maiores dimensões: a ilha da Madeira e a ilha do Porto Santo. E também pelas ilhas Desertas e pelo sub-arquipélago das ilhas Selvagens.

A Madeira é a maior e principal ilha com 740km² de paisagem exuberante e emocionantes. Com uma variedade de e elevações e vales que se renovam nos verdes matizados da vegetação, ora autóctone, ora exótica e no desabrochar de flores que encantam o olhar e acalmam a alma. O seu nome deriva da vegetação densa e em grande parte, arbórea, quando foi encontrada pelos navegadores portugueses João Gonçalves Zarco e Tristão Vaz Teixeira, que aqui aportaram pela primeira vez em 1419. Esta mancha verde, tão rara no planeta e plena de biodiversidade, cuja importância o seu povo conhece e respeita, foi perpetuada através da classificação que lhe foi atribuída em 1999 pela Unesco, de Património Natural Mundial.

Ao longo dos seus 57km de comprimento e 22km de largura, serpenteiam estradas, algumas rasgadas na rocha basáltica e por vezes acompanhadas por túneis, onde a exigência da orografia assim o exigia. Uma verdadeira aventura cheia de surpresas que os visitantes descobrem a cada curva e à saída de cada túnel.

Funchal é a capital do Arquipélago, tornou-se cidade pelo El Rei D. Manuel I em Agosto de 1508. Também o seu  nome tem a sua razão de ser: deriva da palavra Funcho que identifica uma planta aromática, característica do Mediterrâneo, cuja abundância era evidente desde o povoamento da ilha. Esta cidade, cosmopolita, abriga mais de um terço da população total da ilha. Cresce em anfiteatro, rodeando a sua bela e histórica baía, anfitriã de um grande número de embarcações que aqui procuraram o seu porto de abrigo desde há séculos.

A tradição turística da Ilha, famosa pelo seu clima ameno e saudável, atraindo visitantes um pouco de todo o mundo que nela procuram encontrar um refúgio rodeado de natureza. Famosa pelos seus 1400km de ancestrais levadas construídos de forma engenhosa de modo a transportar água do centro e norte da ilha até as áreas mais populadas. Estas mesmas levadas são percorridas diariamente por centenas e visitantes e amantes da natureza, que aqui encontrar o verdadeiro ex-libris da harmonia entre a natureza e o homem.